IMG_0341

IMG_0378 IMG_0385 IMG_0422 IMG_0430 IMG_0434 IMG_0503 IMG_0537

O Citadino de Futsal chega da metade da fase classificatória e passa a intensificar a disputa por vagas na próxima fase nas três categorias em disputa no primeiro semestre (Série Prata, sub 15 e sub 18). A fria noite de segunda-feira não barrou o torcedor que enfrentou as baixas temperaturas para prestigiar a rodada do Citadino de Futsal. E quem foi ao ginásio do Irajá Atlético Clube não se arrependeu, pois prestigiou três grandes jogos nas sub 15, onde Nacional e Morena Tropicana fizeram um grande enfrentamento, e dois jogos na Série Prata.

Nacional bateu na trave

O Morena Tropicana entrou em quadra favorito contra o Nacional, mas foi só a bola rolar que tudo mudou. Marcando forte e sendo objetivo na frente o Nacional surpreendeu e abriu o placar com José Pedro e ainda ampliou com Bruno. O Morena Tropicana pressionou, mas só diminuiu na bola parada com Lucas.  Na etapa final o Nacional seguiu fazendo sua melhor atuação e tinha o craque José Pedro em noite inspirada. Ele marcou o terceiro gol do Nacional. O time uruguaio, porem cometia um erro, o excesso de faltas, dando a chance do Morena reagir. Em duas cobranças de faltas o fixo Lucas e um gol de Gabriel o Morena não apenas empatou como virou o jogo para 4 X 3. José Pedro marcou um bolaço e empatou a partida. O Nacional, porém, perdeu Guilhermo, expulso, mas mesmo com um jogador a menos o Nacional voltou à frente no placar com o craque José Pedro. No último minuto Patrick empatou o jogo em 5 X 5, fechando o jogo.

Imposição rubro negra

Milan e ASSAB fizeram o segundo jogo da noite, primeiro na Série Prata. O confronto iniciou em alta velocidade, mas o gol demorou a sair. O Milan atacava mais, mas o goleiro Wallison fazia grande atuação. Depois de jogado metade do primeiro tempo, Maick enfim abriu o placar para a ASSAF. Mal deu tempo para comemorar, pois Somália empatou para o Milan. Hilton tabelou com Somália e recolocou o Milan na frente. Os times criaram outras chances, mas pararam nos goleiros Wallison e Rodrigo. O segundo tempo iniciou com Maick empatando para a ASSAF. O Milan tratou de reagir e voltou à frente com gol de Robson. Segurando a pressão da ASSAF e jogando no contra ataque o Milan marcou o quarto gol com Somália. Maick apareceu na área para marcar seu terceiro gol e diminuir para 4 X 3. Mais experiente e com melhor aproveitamento na jogada ofensiva o Milan tratou de definir a partida marcando três gols na sequencia com Hilton, Robson e Regis e fechou o jogo em 7 X 3.

LHG vence a terceira partida

A equipe bajeense do LHG voltou a Livramento para defender sua invencibilidade de dois jogos contra o jovem time do Galáticos, ainda buscando os primeiros pontos. O visitante entrou em quadra como favorito e até abriu o placar com Tiago. Os Galáticos, porém, reagiu criou chance e até empatou com Dani. Mas o LHG tinha o controle da partida e virou com Richer e ampliou com dois gols de Leonardo, o segundo deles num pênalti discutível e muito reclamado pelos atletas dos Galáticos. Na etapa final os bageenses seguiram sendo regulares e ampliaram com Robson. O Galáticos criou chances, depois bola na trave e deu trabalho aos goleiros Hygor, Artus e Junior, mas desperdiçou muitas chances. PG ainda descontou de faltam, mas Michel, duas vezes e Robson ampliaram a goleada para 9 X 2. Marcos Gago cobrou a falta rápida enquanto o LHG fazia a barreira e descontou para 7 X 3. Os jogadores bageenses reclamaram da validação do gol. Marcos Gago ainda marcou o quinto gol, mas Daniel fechou o placar em 10 X 5 e confirmar o 100% do LHG empréstimos.

A competição é patrocinada por; CFC Santanense, Centro Hospitalar Santanense, Postos Larratea, Decor Tintas, Casa dos Troféus, Movilcor, Selecionados Uniagro, Erva Mate Charme, Gato & Sapatos e Zapatodos e Prefeitura Municipal. O Citadino Sub 18 ainda tem o apoio da Fundação Arena, ML3 Footbal, Jornal A Platéia, Bolas Kagiva e Habitacion Interiores.